O presidente da Junta de Freguesia de Quinta do Anjo, Valentim Pinto, considera que a Festa de Todos os Santos tem “um significado especial”, por ser “aquela que, simbolicamente, é mais importante e tem a participação de mais pessoas, por ser na sede da freguesia” e também “uma das mais antigas do concelho”.

Nesta edição, acompanhando o crescimento do orçamento da festa, a junta de freguesia triplicou o apoio financeiro concedido, que é de 1.300 euros, disponibilizando também apoio logístico, que Valentim Pinto prevê que seja também “superior”, tendo em conta os novos espaços da festa. Para além disso, a junta apoia o espectáculo com a banda Big Show, no domingo, às 22h45.

Valentim Pinto considera que os novos corpos sociais da Associação de Festas de Quinta do Anjo vieram “criar uma maior diversidade” ao nível do programa do certame e elogia o “bom entendimento com as instituições locais, nomeadamente, com a SIM, com grande parte das iniciativas a decorrerem nessa colectividade”, o que é importante, tendo em conta que a festa se realiza “num período inseguro em termos de condições meteorológicas”.