Inicio com esta crónica a minha colaboração neste espaço no “Setúbal na Rede”. As minhas primeiras palavras são para agradecer ao Dr. José Luis Andrade o convite que me endereçou e registar com muito agrado a atenção que o “Setúbal da Rede” dá ao sector do Turismo.

Ao longo da minha colaboração darei a minha opinião sobre este sector, o impacto que tem no nosso país e em concreto nesta região que me acolheu à mais de 35 anos, com o compromisso de escrever o que penso. Serão assim crónicas da minha exclusiva responsabilidade e não representam as de qualquer instituição.

E nada melhor que numa primeira crónica começar por falar em factos positivos – os números do Turismo em Portugal no ano de 2014.

De acordo com os dados preliminares divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) no passado dia 16 de Fevereiro, 2014 foi, no que respeita à atividade dos estabelecimentos hoteleiros o melhor ano de sempre com mais de 16,1 milhões de hóspedes (+12% face a 2013) a contribuírem para as 46,1 milhões de dormidas (+11%) registadas nas 5 regiões de turismo de Portugal Continental e nas regiões dos Açores e da Madeira.

Destacaria ainda outros dois indicadores que considero igualmente muito importantes para o sector: o aumento dos proveitos de aposento (13,5%) e o aumento das receitas por quarto disponível (+9,3%), perspectivando assim a continuação da melhoria nos resultados operacionais nas unidades de alojamento iniciada em 2013.

Estes foram assim, numa primeira análise, excelentes resultados num sector da economia que está dinâmico e a crescer e talvez por isso na “moda”.

Nas próximas crónicas continuarei a analisar os números e os resultados do Turismo ao longo destes últimos anos, introduzindo também as minhas perspectivas sobre o Turismo em Portugal e na região.

Fotografia de capa por eduardomineo

The following two tabs change content below.

João Madeira

Diretor Geral Tróia Resort

Últimos textos de João Madeira (ver todos)