A S.energia – Agência Regional de Energia para os concelhos de Montijo, Moita, Barreiro e Alcochete, implementou no seu território de intervenção administrativa, o prémio regional de Arquitectura Distinção Edifício + Sustentável.
   
Esta distinção pretende avaliar anualmente, as operações urbanísticas concluídas e com licença de utilização emitida que adoptem as melhores práticas e recomendações nos domínios energético ambiental, aquando a concepção ou na reabilitação edifícios na área de intervenção da agência de energia, obtendo por sua vez, classes energéticas de categoria A e A+ no âmbito do Sistema Nacional de Certificação Energética dos Edifícios (SCE).
   
Após triagem prévia dos imóveis a avaliar no âmbito da Distinção Edifício+Sustentável, por via da análise dos Certificados Energéticos dos edifícios com licença de utilização emitida no decurso de 2013, sob a égide do antigo SCE (enquadrado pelos Dec. Lei, nºs 78/2006, 79/2006 e 80/2006 de 4 de Abril), e, após realização de visita técnica aos imóveis objecto de premiação, o Júri constituído pelo Eng.º Paulo Líbório em representação da ADENE – Agência para a Energia, o Eng.º Firmino das Neves em representação da AECOPS – Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços, o Eng.º Luís Coelho em representação da Escola Superior de Tecnologias do Instituto Politécnico de Setúbal, e pelo Arq.º João Braga representando a S.energia, decidiu atribuir a Distinção Edifício + Sustentável , ao imóvel sito na Avenida Rainha St.ª Isabel N.º1070, Motel Mood, no Montijo.
   
Para além do imóvel superar os requisitos mínimos estabelecidos pelo SCE para a construção de novos edifícios de serviços, com a obtenção da classe energética A+, este demonstrou preocupações inequívocas com a eficiência e a redução dos consumos energéticos, por via da disposição de grande área de painéis solares, sistema de VRF de 3 tubos com recuperação de calor devidamente isolados, unidades de tratamento de ar novo equipadas com recuperadores de calor do ar rejeitado e sistema de gestão centralizada que facilita a regularidade da manutenção no decurso da sua utilização quotidiana. A construção do imóvel foi promovida pela Like-in, a empreitada foi executada pela Rodrigues & Névoa, Lda, e o projecto de Arquitectura é da autoria do Arq.º Hugo Correia.
   
A Primeira Menção Honrosa foi atribuída ao Edifício de Habitação Plurifamiliar sito na Rua Dom Nuno Álvares Botelho, N.º 65, Montijo, fundamentada na coerência formal pragmatismo na resolução do programa e a robustez da construção, associada à classe energética A em todas as suas fracções constituintes, munidas de colectores solares de termossifão, dispondo de excelentes rácios de comportamento térmico e de eficiência energética, que justificaram a atribuição desta categoria distintiva. A construção do imóvel foi empreendida e exectuada pela Regifil, sendo o Arq.º Fernando Carona o autor do projecto de arquitectura.

   

O Edifício de Edifício de Habitação Plurifamiliar sito na Praceta das Flores, N.º 3, no Barreiro, foi galardoado com a Segunda Menção Honrosa desta distinção. O imóvel distancia-se das soluções construtivas correntes ao utilizar nas fachadas uma solução de isolamento térmico aplicado pelo exterior em sistema “ETICS”, complementada por um troço de fachada ventilada com painéis fenólicos lamelados a madeira que reveste um corpo balançado que centraliza a fachada principal. O edifício dispõe ademais, de painéis solares de circulação forçada individualizados, e obteve certificação energética classe A em todas as fracções constituintes. Concebido pelo Arq.º Filipe Marques, a construção do imóvel esteve a cargo da Marques Costa e Filhos, Lda.
   
O anúncio dos imóveis distinguidos na primeira edição da Distinção Edifício + Sustentável, deu-se numa cerimónia integrada nos “Encontros com Energia”, ciclo de palestras temáticas sobre “sustentabilidade energética”, que decorreu no passado dia 18 de Dezembro na Galeria Municipal do Montijo, na qual o Eng.º Nuno Canta, Presidente da S.energia procedeu à entrega dos galardões junto dos laureados.
   
Com a realização desta iniciativa, a S.energia pretende fomentar a adesão dos arquitectos a uma cultura construtiva de alta eficiência energética, com a realização desta distinção, ambiciona incentivar a procura do mercado por uma arquitectura mais qualificada, que seja energeticamente mais eficiente e com uma pegada carbónica progressivamente mais reduzida.

The following two tabs change content below.

S.energia

Agência Regional de Energia para os Municípios do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete
Esta Agência foi criada em 2007, com co-financiamento do programa “Energia Inteligente na Europa” da Comissão Europeia, sendo a S.energia a coordenadora de um consórcio europeu no qual foram também criadas as agências SEA - Agenzia per l’Energia Sostenibile della Provincia di Oristano, Itália; ALEEM Vaslui - Local Energy Management and Environment Vaslui, Roménia; e MIEMA – Malta Intelligent Energy Management Agency.

Últimos textos de S.energia (ver todos)