O que podem ter em comum os Reis Mohammed VI de Marrocos e Felipe de Espanha, o consultor económico de Barack Obama, Michael Froman, e a académica de renome, Marina Costa Lobo? Todos foram estagiários na . Uma lista de cerca de 50.000 pessoas de todo o mundo que já participaram no programa de estágios da Comissão Europeia desde que começou em 1960.

E esta é uma oportunidade que está aberta a todos os licenciados: um estágio remunerado de 5 meses na Comissão Europeia (ou em algumas das agências da União Europeia ou ainda em outras Instituições Europeias, como o Serviço Europeu de Ação Externa). Tens pouco mais de duas semanas para te candidatares: podes fazê-lo até às 11:00 horas do dia 29 de janeiro em http://ec.europa.eu/stages/.

Eu, humildemente, junto-me à longa lista de ilustres. Foi uma experiência excecional. Fui estagiário em 1985, num contexto especial quando Portugal se estava a preparar para entrar na então CEE (Comunidade Económica Europeia) que se tornou na UE (União Europeia). Saído de Portugal que estava mergulhado numa crise económica semelhante àquela que atravessamos presentemente, permitiu-me, aos 29 anos, aprender de forma intensa como as instituições europeias funcionam e como se debatem e aprovam as políticas que nos afetam no dia-a-dia. Uma experiência de vida que se revelou muito útil posteriormente. Mas também foi muito divertido, fiz amigos de outros países e, para além de Bruxelas onde comecei a viver, conheci Estrasburgo, Luxemburgo e Berlim (na altura ainda dividida e a viver o clima da guerra fria). Voltei com uma noção diferente do mundo, da realidade, de mim.

Alguns dos anteriores estagiários prosseguiram a sua carreira nas instituições europeias, chegando a diretores, comissários europeus e deputados do Parlamento Europeu como, por exemplo, Viviane Reding, atual deputada no Parlamento Europeu e ex-Vice-Presidente da Comissão Europeia da Justiça, Direitos Fundamentais e Cidadania, e Mario Monti, ex-Comissário europeu responsável pelo Mercado Interno e pela Concorrência.

Se és licenciado e se tens um bom nível de Inglês, Francês ou Alemão, então não percas mais tempo e candidata-te à próxima turma de estagiários que decorrerá de outubro de 2016 a fevereiro de 2017. Os participantes trabalham com os funcionários a tempo inteiro da Comissão, desempenhando uma ampla gama de tarefas, durante cinco meses.

Cada ano, abrem cerca de 1300 vagas divididas em duas turmas: uma com início em março e outra com início em outubro. Portanto, se não puderes participar nesta turma, mantêm-te atento à abertura das candidaturas para as próximas turmas (normalmente uns 8 meses antes do início dos estágios). Boa sorte!

Fotografia de *Brujita*

The following two tabs change content below.

João Tàtá dos Anjos

Chefe interino da Representação da Comissão Europeia em Portugal

Últimos textos de João Tàtá dos Anjos (ver todos)