“O maior evento cultural do distrito de Setúbal”. Foi assim, claro e sucinto, sem qualquer vergonha, que a Associação Académica do Instituto Politécnico de Setúbal anunciou a edição deste ano da sua semana académica, que decorreu no final do passado mês de maio. Por vezes sabemos que o marketing agressivo faz milagres, mas quer dizer, começar assim é entrar logo de pés juntos a matar. Também sabemos que a ironia e alguma imodéstia podem ser estratégias de divulgação. Mas fui ver ao site da associação académica e lá continua com “o evento de maior dimensão e de maior riqueza a nível cultural e académico do distrito sadino”.

É certo 2015 está a ser um ano algo negro para a cultura setubalense, depois do Festróia ter sido suspenso este ano, após de três décadas interruptas a trazer cinema de qualidade e grandes vultos da sétima arte a Setúbal. Também não vai haver festival FUMO, depois de cinco edições, nem a terceira edição do Rock no Sado ou mesmo o festival Ecos. O que é uma pena, tendo em conta que tem havido um investimento considerável em infra-estruturas, com a remodelação do Luisa Todi ou a Casa da Cultura, para mencionar apenas dois dos mais visíveis.

Provavelmente, a Associação Académica do IPS viu aqui uma oportunidade e atirou-se logo à bruta: o maior evento cultural do distrito. É que nem sequer é da cidade ou mesmo do concelho, é logo do distrito. Será que sabem que o distrito de Setúbal começa no Montijo e vai até lá abaixo, a Sines? Mesmo sem querer fazer qualquer consideração sobre a oferta cultural da semana académica de Setúbal, será que a podemos comparar a outros eventos do distrito, como o Festival Músicas do Mundo de Sines ou o Festival de Teatro de Almada? O Sol da Caparica ou o Out.Fest?

Diz a sabedoria popular que presunção e água benta cada um toma a que quer. Mas vá lá, não há marketing que resista a uma tirada destas.

Fotografia de Effervescing Elephant

The following two tabs change content below.
jvale@setubalnarede.pt'

José Vale

Experimentáculo
jvale@setubalnarede.pt'

Últimos textos de José Vale (ver todos)