O Núcleo Regional de Setúbal da Quercus – ANCN tem-se mantido atento não apenas aos principais problemas ambientais que afectam a Península de Setúbal, alguns bastante estruturais (como os decorrentes da poluição dos recursos hídricos pela actividade agropecuária), como também aos aspectos de conservação da natureza, integrando vários Conselhos Estratégicos de Áreas Protegidas, e ainda a aspectos mais abrangentes do desenvolvimento sustentável associados à criação de emprego e economia local a partir dos recursos endógenos.

Assim, por exemplo, a Quercus tem em perspectiva integrar o Grupo de Trabalho sobre Turismo da Rede de Empregabilidade Moita-Barreiro, que surgiu como resultado de um encontro sobre turismo co-promovido pela Quercus e outras organizações locais em Fevereiro deste ano.

O Núcleo de Setúbal da Quercus está Igualmente atento a processos locais e regionais que promovam o desenvolvimento sustentável, procurando participar e intervir sempre que possível.

A candidatura de Parceria Desenvolvimento Local de Base Comunitária – Portugal 2020 (DLBC) “Barreiro – Redes que nos unem” tem como entidade promotora a Associação RUMO, sediada no Barreiro.

A candidatura tem como principais objectivos:
• Inclusão activa – promoção da igualdade de oportunidades e da participação activa e melhoria da empregabilidade
• Redução e prevenção do abandono escolar
• Promoção da igualdade de acesso ao ensino de qualidade
• Percursos de aprendizagem formais, não formais e informais
• Criação de emprego por conta própria, empreendedorismo e criação de empresas / viveiro de empresas.

Esta candidatura apresenta desafios ao nível do desenvolvimento económico, social e ambiental, pelo que o Núcleo Regional de Setúbal da Quercus manifestou desde o início vontade de integrar este processo, tendo proposto a inclusão de um conjunto de actividades de sensibilização focadas sobretudo na componente de requalificação do espaço e de partilha entre gerações, nomeadamente através da criação de hortas urbanas.

A candidatura de criação da parceria ou primeira fase do processo, envolvendo um conjunto vasto de entidades entre as quais a Quercus, foi apresentada publicamente a 10 de Fevereiro, tendo sido aprovada e passado à segunda fase de pré-qualificação. Foi então preparada a candidatura final, que ficou concluída e foi entregue em Julho. Temos agora noticias de que a candidatura foi aceite.

A área de actuação será o núcleo histórico do Barreiro, Bairro das Palmeiras, Bairro Alves Redol, Quinta da Amoreira e Vila Chã, Cidade Sol e Quinta da Mina.

Nota: o autor não escreve com o Novo Acordo Ortográfico.
The following two tabs change content below.

Carla Graça

Presidente do Núcleo Regional de Setúbal da Quercus
Nascida em Lisboa, adoptou a Península de Setúbal como local dos seus afectos desde 2003, residindo actualmente em Alcochete. Licenciada em Engenharia do Ambiente e actualmente Mestranda em Engenharia e Gestão da Água, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Abraçou a causa ambientalista ainda na sua adolescência, em 1987, participando activamente em várias associações. É desde 2008 Presidente do Núcleo Regional de Setúbal da Quercus e desde 2009 membro da Direcção Nacional.

Últimos textos de Carla Graça (ver todos)