O mês de maio é por tradição o mês do lançamento da Campanha do Pirilampo Mágico. 2015 não é um ano de exceção e durante este mês a Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social, mais conhecida como FENACERCI, envolve as suas associadas num verdadeiro solidariedade social, cooperação e colaboração, entre uma rede de parceiros que vão desde instituições privadas e empresas, como federações desportivas e autarquias.

No dia 26 de maio, mais precisamente entre as 9h30 e as 17h30, no Parque das Nações, a organização deste evento, irá receber uma centena de clientes das várias instituições associadas da FENACERCI e onde as modalidades de vela e canoagem são por tradição aquelas que se destacam nesta atividade.

A Federação Portuguesa de Canoagem decidiu este ano tornar-se um parceiro assumido desta iniciativa, não só pela aposta no desporto para todos, mas principalmente para demonstrar a eficiência e os benefícios que esta modalidade trás à população com deficiência.

Durante esta época desportiva a FPCanoagem aprofundou e implementa atualmente uma estratégia de desenvolvimento desta área em 3 eixos: 1) formação de agentes, acreditando na formação de base e contínua dos seus técnicos, com o objetivo sentido de capacitar pessoas e e sensibilizar clubes para a aposta no desporto adaptado, 2) promoção de Campos Abertos , ou atividades de sensibilização como o Pirilampo Mágico, promovendo parcerias e ligações entre instituições sociais e clubes e o 3) desenvolvimento de classes de prática competitiva e aposta numa equipa nacional de Paracanoagem.

Desta forma, e continuando o trabalho embrionário que o Clube Atlético do Montijo iniciou em 2005, e ao qual outros clubes se juntaram de norte a sul do país, a FPCanoagem pretende possibilitar conhecimento e a longo prazo, acessibilidade à prática da modalidade em todos os pontos do país, e a todos os cidadãos.

É já patente a aposta de grandes clubes nacionais na vertente do desporto adaptado, nomeadamente o Sporting Clube de Portugal (eclético e de referência na sua aposta desportiva), do qual fazem parte dois atletas integrados na Equipa Nacional de Paracanoagem, e os quais estarão presentes no evento (Norberto Mourão e Paulo Santos).

Faço votos que outras modalidades sigam o exemplo em colaborações desta natureza, que mais clubes desportivos se juntem a esta realidade, e que mais municípios tornem real esta “acessibilidade” ao desporto, e principalmente ao desporto náutico, não como “marca de propaganda eleitoral”, mas sim como uma verdadeira marca social e de igualdade nacional.

E já agora…não se esqueçam de contribuir, e comprem o nosso Pirilampo Mágico 2015!

The following two tabs change content below.

Ivo Quendera

Licenciado em Desporto

Últimos textos de Ivo Quendera (ver todos)