Estamos com o Natal à porta, as ruas e as casas enfeitadas a preceito, os centros comerciais estão à pinha de gente, cheias de certezas e dúvidas, quanto aos presentes que hão de dar, aos entes queridos nesta altura do ano tão especial, mas porque nesta quadra, a sensibilidade está à flor da pele, nada como dar um presente ao ambiente, um presente às gerações futuras, um presente ao planeta que não é de ninguém em particular, mas sim de todos nós.


A VALORMED é uma sociedade sem fins lucrativos criada em 1999 cuja principal responsabilidade é a gestão resíduos de embalagens vazias e medicamentos fora de uso. O seu sucesso resulta da colaboração e sinergia entre a Indústria Farmacêutica, Distribuidores e Farmácias que têm vindo a consciencializar a população para a especificidade do medicamento enquanto resíduo e a necessidade do seu tratamento de forma a preservar a natureza e o meio-ambiente.


Grande parte dos portugueses já se habituaram a ver o contentor de cor verde nas farmácias espalhadas pelo país, e a depositar neles os medicamentos sem uso, e as caixas vazias. Depois de cheios os contentores de recolha são selados e entregues aos distribuidores de medicamentos que os transportam para as suas instalações e os retêm em contentores estanques. Posteriormente, esses contentores são transportados para um centro de triagem por um operador de gestão de resíduos, onde os mesmos são separados, classificados e tratados: reciclagem (papel, plástico, vidro, compósitas) e incineração segura com valorização energética dos restantes resíduos.


As taxas de recolha destes resíduos têm vindo a aumentar de ano para ano. Tal fica a dever-se às diversas campanhas de informação e sensibilização que a VALORMED tem desenvolvido junto dos cidadãos, com a participação ativa e empenhada das farmácias, os quais, cada mais sensíveis e alertados para a preservação e conservação do ambiente, a utilizam como local de entrega e deposição destes resíduos.


De ressalvar, que nestes contentores não se devem depositar agulhas ou seringas, termómetros, aparelhos elétricos ou eletrónicos, gaze, material cirúrgico e radiografias.


A VALORMED coloca, assim, ao serviço dos cidadãos um sistema cómodo e seguro para que estes possam libertar as embalagens vazias e medicamentos fora de uso. A longo prazo a VALORMED ambiciona minimizar o impacto que os resíduos de embalagens e medicamentos podem vir a causar sobre o ambiente, e promover activamente, a não acumulação de medicamentos pelos cidadãos nas suas casas, sensibilizando-os para os riscos resultantes de um inadequado armazenamento e posterior utilização dos mesmos.


Por fim, e porque a época assim o exige, desejo a todos os que nos seguem e leêm, um feliz Natal e umas Boas Festas, que 2015 nos traga a esperança e o optimismo que precisamos, assim como a consciencialização de que o Planeta precisa de ser cuidado por todos nós!

The following two tabs change content below.
maria_anita_17@hotmail.com'

Anita Silva

Farmacêutica
Sou farmacêutica desde 2010, iniciando a minha atividade na margem sul, mais precisamente na Baixa da Banheira. Em 2014 mudei-me para a margem norte do Tejo para exercer actividade no Cacém. Desde sempre nutri muito gosto pelo contacto com o público e pela saúde, por isso ser farmacêutica é mais que uma profissão é um orgulho.
maria_anita_17@hotmail.com'

Últimos textos de Anita Silva (ver todos)