A Câmara Municipal de Setúbal aprovou ontem, em reunião pública ordinária, a lista de personalidades e entidades a homenagear no feriado municipal com as Medalhas da Cidade.

Ao bispo de Setúbal, D. Gilberto Canavarro dos Reis, é entregue uma das mais altas distinções do Município, a Medalha de Prata da Cidade, condecoração atribuída a pessoas ou instituições que se destaquem por serviços excecionais prestados em prol do concelho e dignos de reconhecimento geral.

A Medalha da Cidade, que, juntamente com as restantes condecorações, é atribuída numa cerimónia a realizar tradicionalmente no Dia de Bocage e da Cidade, feriado municipal celebrado a 15 de setembro, pode ser de ouro, prata ou cobre.

Além da condecoração ao bispo de Setúbal, a lista de atribuição de medalhas honoríficas sadinas inclui o agraciamento com a Medalha de Honra da Cidade em diferentes classes, consoante os quadrantes do panorama social em que se destacaram personalidades e entidades com serviços de relevo no desenvolvimento do concelho ou com atividade de projeção nacional ou internacional.

Na classe Atividades Culturais, a Câmara Municipal distingue o ator Nuno Melo e o escultor João Limpinho, ambos a título póstumo, o músico Pedro Marquês de Sousa, o diretor do Fórum Municipal Luísa Todi, João Pereira Bastos, o pintor Eduardo Carqueijeiro e a bailarina Ana Sendas.

Na Classe Desporto são agraciados Mário Narciso, selecionador nacional de futebol de praia, Mário Mestre, presidente do Clube Desportivo “Os Pelezinhos”, Domingos Vieira, antigo diretor da Meia Maratona Internacional de Setúbal, Manuel Santana, dirigente associativo e antigo jogador e treinador de futebol, Custódio Carvalho Pinto, ligado ao associativismo desportivo, e o Vólei Clube de Setúbal.

Na Classe Associativismo e Sindicalismo Setúbal distingue com a Medalha de Honra da Cidade António da Cunha Bento, com atividade desenvolvida na Associação Cultural Sebastião da Gama e na Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão, António Manuel Fernandes Alves, que se destacou ao serviço de várias coletividades, e Francisco Alves Monteiro, dirigente do Corpo Nacional de Escutas.

Ainda na mesma classe, a Câmara Municipal atribui a Medalha de Honra à APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, a Josué Monteiro, dirigente durante várias décadas do Vitória Futebol Clube, à ACML – Associação dos Comerciantes do Mercado do Livramento, a Armando Oliveira, presidente da Comissão de Festas de Nossa Senhora do Rosário de Troia, e a José Lopes, pescador com atividade na mesma comissão de festas.

O padre Constantino Gonçalves Alves é agraciado com a Medalha de Honra da Cidade na Classe Paz e Liberdade, assim como o padre Luís Manuel Ferreira e Rui D’Espiney.

Na Classe Ciência e Tecnologia sobressaem a docente e dirigente educativa Maria da Fé Costa, que se destaca na área do Ensino, Carlos Cunha, professor com vários projetos galardoados, inclusivamente pela empresa Microsoft, e Luís Sousa, chairman e CEO da Euronext Lisbon e da Interbolsa.

Por fim, na Classe Comércio são distinguidos João Carlos Gonçalves Casimiro, dono de uma das mais antigas lojas de animais de Setúbal e popularmente conhecido por “João Farelo”, a Celui, empresa familiar orientada para a moda nupcial, batizados e comunhões, Clementina Calado, comerciante da Baixa de Setúbal conhecida por “Tininha”, e a Óptica Pita, empresa familiar com atividade no ramo da ótica.