A Câmara Municipal de Santiago do Cacém, no âmbito do Projeto Sénior 2015, promoveu mais três passeios para os seniores do Município – nos dias 27 de maio, 23 e 24 de setembro – desta vez a Alcácer do Sal, onde quase uma centena de utentes das Instituições de Reformados Pensionistas e Idosos do Município de Santiago do Cacém tiveram a oportunidade de subir o Rio Sado a bordo do famoso galeão do sal Pinto Luísa, bem como de visitar a Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal.

A promoção de momentos de convívio e lazer voltou a ser o principal objetivo da iniciativa, indo ao encontro de uma das atividades preferidas dos seniores – os passeios turísticos. Álvaro Beijinha, Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, marcou presença no passeio de dia 23 – acompanhado pela Vice-Presidente da CMSC, Margarida Santos – e sublinha a importância de “dar continuidade a este Projeto Sénior”, enaltecendo depois “a oportunidade de fazer a subida do Rio Sado. Procuramos proporcionar momentos diferentes e de confraternização entre os nossos seniores. A Câmara organiza esta iniciativa, mas tem a colaboração das várias instituições de todo o Município, que têm um papel absolutamente fundamental na cooperação com a CMSC. Sem estas instituições, certamente seria muito mais difícil e não teríamos dias tão interessantes como temos tido”, enaltece. De referir também a colaboração da “vizinha” Câmara Municipal de Alcácer do Sal na iniciativa, com a oferta do passeio no galeão e da visita guiada à Cripta Arqueológica.

Nos passeios, estiveram representados utentes da Associação de Bem-Estar da Freguesia de Santa Cruz, Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de Alvalade, Casa do Povo de São Domingos, Centro de Dia de Vale de Água, Centro de Dia de São Francisco da Serra, Casa do Povo de Alvalade, Casa do Povo de Abela, Santa Casa da Misericórdia de Santiago do Cacém, Casa do Povo do Cercal do Alentejo, Associação de Moradores do Salão Comunitário da Sonega, Antigos sócios da Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de Santiago do Cacém, ASAS – Academia Sénior de Artes e Saberes, Grupo de Idosos de Santiago do Cacém – MURPI e Projeto “Fazendo e Aprendendo”.