O Município de Palmela vai avançar com a regularização do troço de Pinhal Novo da Ribeira da Salgueirinha. Depois da pré-aceitação da candidatura do Município a Fundos Ambientais do Estado Português, geridos pela APA – Agência Portuguesa do Ambiente, no âmbito do Fundo de Proteção de Recursos Hídricos – tipologia “projetos que contribuam para o controlo de cheias e outras intervenções de sistematização fluvial” – o projeto de intervenção na ribeira foi homologado pelo Secretário de Estado do Ambiente no final de setembro.

Trata-se de um investimento total no valor de 2.244.800 euros, comparticipado em 85% pelo Fundo, no valor de 1.908.080 euros, cabendo o remanescente ao Município, que terá, também, toda a responsabilidade do desenvolvimento deste processo.

Recorde-se que foi aprovada, recentemente, uma alteração à REN, tendo em vista este projeto de regularização, e já foram entregues, por parte do Município, o projeto de execução e o estudo de impacto ambiental. Neste momento, o Município está a iniciar os contactos com os proprietários dos terrenos confinantes com a ribeira, para negociações, tendo em vista as faixas de proteção, os alargamentos, as zonas de alagamento e outras medidas necessárias.

Este processo abrange uma extensão de cinco quilómetros, entre a zona de confluência da Ribeira do Alecrim e a Barragem da Brejoeira e pretende prevenir inundações na vila de Pinhal Novo e na respetiva bacia hidrográfica, repor as condições naturais de drenagem pluvial e potenciar a requalificação da paisagem.

A regularização da Ribeira da Salgueirinha concilia as dimensões ambiental, rural e urbana da freguesia de Pinhal Novo, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população, para o desenvolvimento socioeconómico local e para a requalificação da paisagem.