De 06 a 09 de outubro o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) abre uma nova fase de candidaturas aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP). Estas novas formações superiores de curta duração, de 2 anos, possibilitam a prossecução de estudos ao nível das licenciaturas e procuram dar resposta às solicitações do mercado de trabalho, permitindo a aquisição de conhecimentos especializados de nível 5 (no Quadro Nacional de Qualificações) e a realização de estágios em contexto profissional. Para a sua implementação o IPS já estabeleceu protocolos com mais de 500 empresas nas diversas áreas em que os mesmos se inserem.

Os CTeSP constituem-se, assim, como uma oportunidade de qualificação e formação que visa contribuir para a posterior inserção no mercado de trabalho. O Diretor Geral da LAUAK Portuguesa, Eng.º Armando Gomes, frisa também a pertinência da criação destes cursos que se traduz “num momento muito importante para a indústria em geral”, pois o país passa a disponibilizar formação pública em níveis necessários ao tecido industrial que, assim, vai começar “a receber pessoal capaz de trazer ou de dar às empresas aquilo que hoje não temos no mercado“, nomeadamente recursos humanos especializados em determinada área ou profissão.

Para o representante da SGS Portugal, Eng.º Pedro Coelho, não há dúvida que “os CTeSP têm pelo público-alvo, duração e temáticas, um bom alinhamento com a estratégia da nossa empresa”, salientando, ainda, que “o mercado de trabalho sairá beneficiado seguramente com a introdução deste tipo de qualificação, […] as empresas poderão modernizar-se ao nível dos processos e terão acesso a novos profissionais qualificados e motivados.”

No âmbito da implementação dos CTeSP foi também constituída uma Rede de Escolas Profissionais e Secundárias da Península de Setúbal e Litoral Alentejano, de modo a articular o ensino ministrado na região, procurando criar uma fileira formativa que responda às necessidades dos estudantes e das empresas e organizações locais.

Para esta segunda fase de candidaturas o IPS disponibiliza vagas para 16 formações, nomeadamente Apoio à Gestão de Organizações Sociais; Condução e Acompanhamento de Obras; Reabilitação Energética e Conservação de Edifícios; Topografia e Sistemas de Informação Geográfica; Produção Aeronáutica; Climatização e Energia; Automação, Robótica, Controlo e Instrumentação; Sistemas Eletrónicos e Computadores; Redes e Sistemas Informáticos; Manutenção Industrial; Instalações Elétricas; Programação Web, Dispositivos e Aplicações Móveis; Veículos Elétricos; Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação; Tecnologia e Gestão Automóvel; Gestão do Ambiente e Segurança.

Fotografia de Instituto Politécnico de Setúbal