A exposição “O sábio é cidadão do mundo inteiro”, com trabalhos de alunos da Escola Secundária Du Bocage, foi inaugurada no dia 5, na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal

A mostra, que integra as Comemorações dos 250 Anos do Nascimento de Bocage, é composta por uma dezena de ilustrações realizadas por alunos do 10.º ano daquele estabelecimento de ensino, sobre Bocage e nove cientistas contemporâneos.

As ilustrações dos cientistas são acompanhadas do respetivo texto, também elaborado pelos alunos, com uma pequena biografia de cada um e as principais descobertas que os notabilizaram.

O objetivo é dar a conhecer o resultado de pesquisa, realizado no âmbito da disciplina de Biologia e Geologia, sob orientação da bibliotecária Rosa Duarte, sobre a evolução de algumas grandes invenções e teorias construídas por cientistas daquela época.

Os trabalhos dos alunos incluem ainda uma ilustração de Bocage que é complementada com a descrição comparativa de um facto científico e histórico que o inspirou.

Trata-se da viagem em balão do Capitão Lunardi, com partida do Terreiro do Paço, em Lisboa, que levou o poeta setubalense a escrever um poema de elogio a Lunardi e à ciência, o qual pode ser lido num dos painéis em exposição.

“O Sábio é Cidadão do Mundo Inteiro” está patente até 17 de setembro, na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal, de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.