A Câmara Municipal de Palmela inaugura, no dia 15 de agosto, sábado, às 21h30, numa cerimónia a decorrer no Largo de S. João, a nova iluminação cenográfica do Castelo.

O programa inaugural conta com uma atuação pelo grupo de dança DançArte, e termina com um brinde com Moscatel de Setúbal na esplanada da Casa Mãe da Rota de Vinhos da Península de Setúbal e a intervenção do Presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Balseiro Amaro.

A iluminação cenográfica do Castelo valoriza este monumento nacional, referência incontornável da paisagem da Península de Setúbal, transformando-o num verdadeiro “farol” da região. Trata-se de um investimento superior a 320 mil euros, cofinanciado pelo QREN (PORLISBOA, medida de Reabilitação Urbana), em regime de overbooking, no limite máximo de 92 mil euros.

O projeto evidencia o conjunto de elementos arquitetónicos do Castelo, composto pelas muralhas, pelas torres e pela Pousada, fortalecendo a relação entre o Castelo e a vila na paisagem noturna e reforçando a identidade cultural do Município. Foram criados dois ”anéis” de luz com diferentes tonalidades de branco: o primeiro, mais suave, que faz a transição entre a iluminação pública da vila e o Castelo, e o segundo, com uma luz mais intensa, que destaca a muralha do século XV e XVI.

O Município, empenhado no cumprimento das metas do Pacto de Autarcas – iniciativa da EU que congrega municípios e freguesias europeus no compromisso de superar as metas definidas para a redução das emissões de dióxido de carbono até 2020 – procurou soluções sustentáveis de iluminação e aplicou um sistema de iluminação programável e geradores de economia em energia, com baixos custos de manutenção, perspetivando-se uma poupança energética entre os 70 e os 80%.

Fotografia de valugi