O curso de licenciatura em Gestão de Sistemas de Informação, da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal (ESCE/IPS), apresenta uma das mais elevadas taxas de empregabilidade.

A grande maioria dos recém-licenciados consegue integrar o mercado de trabalho em pouco tempo, uma vez que 95% dos diplomados (até um mês depois de terminarem os estudos) já estão a trabalhar, segundo dados do inquérito realizado pelo Observatório de Inserção na Vida Ativa do IPS (OIVA-IPS) junto dos diplomados do IPS do ano letivo 2011/2012, no período de um ano após a conclusão do curso. De acordo com este mesmo inquérito, 87,5% dos licenciados encontra-se a desempenhar funções na área de formação académica.

O curso forma profissionais nos domínios das Ciências da Organização e dos Sistemas de Informação evidenciando tanto a vertente tecnológica bem como a organizacional, visando a sua rápida integração na vida ativa. Os licenciados em Gestão de Sistemas de Informação poderão trabalhar como gestores e técnicos de sistemas de informação, consultores em organizações de sistemas de informação, especialistas em análise e gestão de informação, consultores de processos de negócio, no desenvolvimento de SI e como gestores de produto em TI.

Para além das aulas, o plano curricular integra diferentes seminários, workshops e atividades que promovem o contacto entre os estudantes e a realidade profissional, bem como a realização do projeto de final de curso e do estágio em real contexto de trabalho.

A experiência dos estudantes

Alguns estudantes desta licenciatura tiveram a oportunidade de realizar o projeto de final de curso e o estágio na mesma empresa ou entidade, o que se revelou uma mais-valia para o seu crescimento pessoal e profissional.

Os estudantes Marcos Ramos, Ruben Fernandes e Sara Lança, viveram essa experiência na Câmara Municipal de Setúbal. De acordo com estes estudantes “a realização do projeto funcionou como uma introdução ao mercado de trabalho, com horários de trabalho e comunicações com diferentes pessoas. Já o estágio funcionou como um contributo para um maior desenvolvimento e aprofundamento de temáticas e conhecimentos adquiridos ao longo da licenciatura. ” Os três estudantes adquiriram novos conhecimentos de manuseamento com o sistema ERP da organização, sobre os processos de negócio e o sistema CRM.

Por outro lado, os estudantes Sérgio Paiva e Tiago Cabica, que realizaram o projeto e o estágio na Altran Portugal, consideram que esta experiência lhes trouxe inúmeros benefícios “visto que não sentimos qualquer tipo de dificuldade de adaptação a um novo projeto ou a um novo ambiente” e também “porque temos mais tempo para mostrar as nossas capacidades e aquilo de que somos capazes de fazer, para que desta forma, a organização possa futuramente mostrar o seu interesse no nosso trabalho”.

Mais informações sobre o curso de Gestão de Sistemas de Informação em www.esce.ips.pt