A requalificação urbana da Avenida das Nacionalizações, no Lavradio, que prevê a construção de duas rotundas – junto à entrada das instalações da Baía do Tejo e ao posto de abastecimento de combustíveis e no cruzamento entre a Avenida das Nacionalizações e a Rua dos Resistentes Antifascistas (com acesso à Avenida Joaquim José Fernandes) –, a repavimentação da estrada, a construção de coletor pluvial (água da chuva) e esgotos domésticos, de modo a assegurar a separação do sistema atual (unitário), construção de descarregador de tempestade, no início da Rua Miguel Bombarda, iluminação pública e reformulação da rede de abastecimento de água na zona intervencionada – vai avançar para a 2ª fase. Com esta intervenção estão previstos condicionamentos no trânsito a partir de 20 de julho.

Esta intervenção consiste em três fases com diferentes condicionamentos, sendo que esta 2ª fase decorrerá entre 20 de julho e 31 de agosto de 2015.

2ª Fase – Condicionamento e/ou interrupções previstas

A Av. das Nacionalizações será vedada ao trânsito a partir da rotunda do Lavradio, com exceção do acesso à escola EB 2º 3º Ciclos Álvaro Velho.

Acesso ao Barreiro

Veículos ligeiros e pesados: Na rotunda do Lavradio circular pela Avenida José Gomes Ferreira (rua de acesso à estação de comboios do Lavradio) até ao cruzamento com a Rua dos Resistentes Antifascistas. No cruzamento virar à direita para a Rua dos Resistentes Antifascistas. Seguir este arruamento até à indicação de desvio. Seguir o arruamento de desvio (traseiras da Praceta dos Lusíadas) até à entrada do Parque Empresarial. Entrar no Parque Empresarial e circular na Rua Industrial Alfredo da Silva até à rotunda. Seguir em frente até à Avenida Bento Gonçalves para o centro do Barreiro.

Acesso ao Lavradio

Veículos ligeiros: Na rotunda do Lavradio circular pela Avenida José Gomes Ferreira (rua de acesso à estação de comboios do Lavradio) até ao cruzamento com a Rua dos Resistentes Antifascistas. No cruzamento virar à direita para a Rua dos Resistentes Antifascistas. Seguir este arruamento até à indicação de desvio. Seguir o arruamento de desvio (traseiras da Praceta dos Lusíadas) até à entrada do Parque Empresarial. Virar à direita em direção ao acesso ao Pingo Doce. Circular pelo parque do Pingo Doce e virar à direita em direção ao cruzamento com a Avenida das Nacionalizações. Neste cruzamento virar à esquerda e seguir a Av. Das Nacionalizações até à rotunda (Largo da UFA) e seguir pelos vários acessos ao Lavradio.

Veículos pesados: Na rotunda do Lavradio circular pela Avenida José Gomes Ferreira (rua de acesso à estação de comboios do Lavradio) até ao cruzamento com a Rua dos Resistentes Antifascistas. No cruzamento virar à direita para a Rua dos Resistentes Antifascistas. Seguir este arruamento até à indicação de desvio. Seguir o arruamento de desvio (traseiras da Praceta dos Lusíadas) até à entrada do Parque Empresarial. Entrar no Parque Empresarial e circular na Rua Industrial Alfredo da Silva até à rotunda. Na rotunda voltar à direita para a portaria do Parque Empresarial. Seguir para noroeste na Rua 35, virar à direita em direção à Rua 22 e virar à direita em direção à Rua 53.

TCB – Transportes Colectivos do Barreiro

Na sequência dos trabalhos desta 2ª fase, com o encerramento do cruzamento da Av. das Nacionalizações com a Rua da Indústria e a Rua dos Resistentes Antifascistas, a partir das 8h00 do dia 20 de julho, até 31 de agosto, os percursos das carreiras nos 6, 14 e 15 sofrerão os seguintes desvios:

Carreira 6: Rua do Industrial Alfredo da Silva, Rua dos Resistentes Antifascistas, Rua José Gomes Ferreira, Alameda Ary dos Santos, Rua Miguel Bombarda e Av. JJ Fernandes, onde retoma o seu percurso (efetua todas as paragens);

Carreiras 14 e 15: Rua das Palmeiras, Rua José Gomes Ferreira, Alameda Ary dos Santos, Rua Miguel Bombarda e Av. JJ Fernandes, onde retoma o seu percurso (efetua todas as paragens).

Esta intervenção resulta da assinatura de um Protocolo entre a Câmara Municipal do Barreiro (CMB), Baía do Tejo e Galp.

A CMB – consciente que a intervenção incrementará o bem-estar de todos – apela à melhor compreensão da população relativamente a eventuais constrangimentos com o decurso das obras.

CMB

Foto: CMB