Como habitualmente, é no feriado municipal, este ano, a 13 de setembro, que o Município da Moita homenageia diferentes personalidades, entidades e instituições que, ao longo do seu percurso e em diferentes áreas, elevaram o nome do Município, com a atribuição de diferentes Medalhas Municipais. A Cerimónia Pública de Atribuição de Medalhas Municipais tem início às 10:30h, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A Medalha de Honra do Município vai ser entregue à Sociedade Recreativa da Baixa da Serra e também ao Juventude Futebol Clube da Baixa da Banheira, no ano em que comemoram 50 anos de atividade.

Bruno Vieira Amaral, crítico literário, tradutor, escritor, assessor de comunicação e editor adjunto da Revista Ler, nasceu e cresceu na freguesia do Vale da Amoreira, no concelho da Moita, e, neste Dia do Município, vai ser distinguido com a Medalha de Mérito Artístico e Cultural. Em 2015, foi vencedor do Prémio José Saramago com o seu romance de estreia “As Primeiras Coisas”, uma história que cria um lugar imaginário – O Bairro Amélia – a partir da sua experiência no Vale da Amoreira.

A Medalha de Mérito Economico e Social será entregue ao “STOP”, um restaurante típico com comida tradicional portuguesa, fundado em 1986, e que é já um dos cartões de visita da Baixa da Banheira, bem como a Ana Piedade Marques, engenheira agrónoma, “agricultora de 6ª geração” e produtora do PROVE para o concelho da Moita.

Este ano, serão ainda distinguidos com uma Medalha de Bons Serviços ao Município nove trabalhadores que completaram, até 2015, quarenta ou mais anos ao serviço da Câmara Municipal da Moita.