O escritor dinamarquês Hans Christian Andersen está em destaque numa exposição, patente até ao final de agosto, na Casa da Cultura, em Setúbal, que junta trabalhos de artistas plásticos e recortes que acompanhavam os contos do autor. Dez anos depois, a exposição sobre Hans Christian Andersen volta a Setúbal, com algumas das peças da mostra original, de 2005, a poderem ser vistas até 30 agosto, numa iniciativa dedicada e este conhecido autor de contos infantis.

A mostra organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, inaugurada na sexta-feira à noite, recupera algumas das peças da exposição que esteve presente na cidade há uma década, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, e acrescenta outros artigos relacionados com a vida e obra do escritor dinamarquês. “Hans Christian Andersen | Um amigo para Sempre | Homenagem a Niels Fischer” é, como o título indica, um tributo a Niels Fischer, designer dinamarquês, falecido no início do ano, promotor incansável da obra literária do seu conterrâneo.

Esta nova iniciativa sobre Hans Christian Andersen tem conceção original de Niels Fischer, que, em 2014, tinha apresentado uma proposta à Autarquia para a execução desta grande exposição, desejo que agora é materializado pelo município setubalense como homenagem ao designer. A mostra, na Casa da Cultura, repartida entre a galeria de exposições e a sala anexa, junta trabalhos de 19 artistas plásticos portugueses, reproduções de recortes de papel que acompanhavam os contos de Hans Christian Andersen e peças que Niels Fischer juntou ao longo dos tempos, doadas à cidade pela família do designer. A mostra “Hans Christian Andersen | Um amigo para Sempre | Homenagem a Niels Fischer” pode ser visitada gratuitamente no equipamento municipal de terça a quinta-feira, das 10h00 às 24h00, às sextas e sábados, das 10h00 à 01h00, e aos domingos das 10h00 às 20h00.

Paralelamente, a Câmara Municipal de Setúbal organiza uma outra exposição dedicada a Hans Christian Andersen e a Niels Fischer, a inaugurar no dia 10 de julho, sábado, às 16h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, com vários trabalhos da autoria do designer dinamarquês. A mostra, com tapeçarias, quadros, livros ilustrados, esculturas e trabalhos em cerâmica, pode ser apreciada naquele espaço museológico até 19 de setembro, de terça a sexta-feira, das 09h30 às 18h00, bem como aos sábados, das 15h00 às 19h00.