A atual gestão municipal, nos primeiros 7 meses de 2015, reduz em 519 mil euros a despesa paga e aumenta a receita em 371 mil euros. A despesa paga da autarquia aponta para os 8 milhões e oitocentos mil euros, registando uma redução na ordem dos 519 mil, setencentos e vinte e cinco euros, quando comparado com o mesmo período do ano passado.

 

No que respeita à análise da despesa, mantem-se a tendência comum a todos os municípios portugueses de redução das despesas de investimento. As despesas correntes fixam-se numa redução de 150 mil euros.

Do lado da receita, embora tenha ocorrido um aumento de 553 mil euros na aplicação do IMT, do lado do IMI o Município de Alcácer do Sal tem uma redução de quase 520 mil euros comparativamente com 31 de julho de 2014.

 

Em 31 de julho de 2015, o passivo efetivo do município é de 979 mil euros. Recorde-se que, atualmente, o passivo já incorpora toda a dívida que há dois anos se encontrava escondida e que se situava em quase 1 milhão de euros.