O contrato para a empreitada da obra que vai requalificar o acesso rodoviário entre a Aldeia e a Cidade de Santo André (Caminho Municipal 517/1087) vai ser assinado no dia 18 de abril, às 10h30, na Sala de Sessões da Sede do Município. A Câmara Municipal de Santiago do Cacém e a empresa Construções J.R.R. & Filhos, S.A. vão assinar o documento que determina as condições para uma obra cujo valor total ronda um milhão de euros e que deverá ter início já no próximo mês de maio.

A requalificação rodoviária, com a extensão de quase 3 km, prevê também a execução de passeios entre a Aldeia e Vila Nova de Santo André, que vai melhorar as condições de circulação pedonal e de bicicleta entre os dois aglomerados. Também o Largo Poente da Igreja da Aldeia de Santo André vai ser alvo de uma significativa requalificação.

A obra vai obrigar à criação de um circuito rodoviário alternativo, situação que vai ainda permitir a repavimentação da Rua do Sol Nascente (Bairro Horizonte, em Vila Nova de Santo André) e da Rua Ti Manel “do Tojal” (na Aldeia de Santo André), bem como a qualificação do próprio acesso através da zona rural.

Zona-de-Intervenção-da-Obra

Relembre-se que circulam diariamente, no Caminho Municipal 517/1087, mais de quatro mil viaturas, incluindo cerca de 200 pesados.