Peddy-paper, igrejas abertas ao público, rota das igrejas noturna, geocaching e música constituem o leque de atividades que o Museu Etnográfico do Torrão promove ao longo do mês de agosto com o objetivo de divulgar o património da vila do Torrão, situada no concelho de Alcácer do Sal.

A primeira iniciativa a concretizar-se é um peddy-paper, que decorre nos dias 12 e 13 de agosto com a participação das crianças do Centro Paroquial do Torrão e Universo das Artes, duas instituições locais. O peddy-paper, que vai ter início pelas 9h no Museu, visa dar a conhecer aos mais novos o património cultural da vila de modo mais detalhado e de forma lúdica e apelativa.

No dia 15, as quatro igrejas do Torrão vão estar abertas ao público, sendo que a Ermida de Nossa Senhora do Bom Sucesso abre portas das 9h30 às 12h e das 16h às 19h, enquanto as igrejas Matriz, da Misericórdia e de São Francisco podem ser visitadas entre as 20h e as 23h.

A “Rota das Igrejas” noturna é a proposta para 19 de agosto. A caminhada e visita às igrejas, acompanhada de um guia que dará a conhecer a história das mesmas, tem a concentração agendada para 21h15, no Largo de São Francisco.

No dia 22 realiza-se uma atividade de geocaching, que consiste na procura de três caches escondidas nas imediações da vila, numa espécie de caça ao tesouro que vai ter início às 9h, no Museu Etnográfico do Torrão.