O Dia Internacional da Música, comemorado a 1 de outubro, é celebrado este sábado, às 21.30 horas, no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal, com a voz de Adriana Queiroz, acompanhada ao piano por Filipe Raposo.

«Tempo» é nome do último projeto musical da cantora, no qual se debruça sobre a música francófona através dos seus cantautores mais representativos, com especial destaque a Jacques Brel e a Leo Ferré. Uma viagem pelo mundo emocional da cantora e compositora Barbara, o encantamento de Trenet, a loucura de Gainsbourg, o surrealismo de Boris Vian e a intemporalidade de Édith Piaf, que não sendo cantautora é uma figura incontornável da música francesa do século XX.

Adriana Queiroz é filha dos cantores Tomé de Barros Queiroz e Mimi Gaspar, ele tenor e ela soprano e quis ser bailarina. Bailarina feita, passou pelo Ballet Gulbenkian e Companhia Olga Roriz, entre outros projetos, e lança o seu primeiro trabalho como cantora em 2009.

O espetáculo que apresenta no Seixal teve estreia em 2012, no Institute Français du Portugal, o qual dá lugar a um CD em outubro de 2015, com a apresentação a ter lugar no Centro Cultural de Belém.

As entradas têm um custo de 8 euros, com 50% de desconto para jovens até 25 anos, reformados e trabalhadores das autarquias do Seixal.