Pedro Jerónimo

Out 0
Out 0

Jornalismo “mandrião”

E o vencedor é… Foi com um apelo ao voto nas eleições de ontem que terminei a última crónica. Esta, escrevo-a na véspera, pelo que esta hora ainda não são conhecidos vencedores e derrotados. Espera-se, contudo, que no final de todas as contas, acordos e desacordos, ganhe o país. Sobre o motivo que mobiliza a escrita destas linhas, está relacionado com o período pré-eleições e a forma como o público …   Ler

Set 2
Set 2

Comunicação e Jornalismo interessam

Começa hoje uma nova etapa na vida de milhares de jovens, com a entrada no Ensino Superior. Há quem já não veja sentido em prosseguir estudos, porém, também há quem pense exactamente o contrário. E este ano até houve um crescimento nos colocados na 1.ª fase, comparativamente ao mesmo período de 2014. Esta será a principal novidade, sendo que Medicina se mantém com as médias mais elevadas, mas também como …   Ler

Ago 1
Ago 1

Duas décadas de ciberjornalismo em Portugal

Estávamos a 27 de Julho de 1995, quando foi dado o primeiro passo na história do ciberjornalismo em Portugal: o Jornal de Notícias (JN) começava a publicar notícias online. Concretizava-se assim aquilo que começara a ser suscitado dois anos antes, com o primeiro registo de domínio próprio por parte de um órgão de comunicação social: rtp.pt (28 de Maio de 1993). Pelo meio surge o Setúbal na Rede, igualmente pioneiro …   Ler

Jun 1
Jun 1

Notícias à vontade do freguês

É característica de muita imprensa local e até regional em Portugal, publicar “tudo” o que chega à redacção. Seja da autarquia, da associação, do partido político, do amigo ou do amigo do amigo. E com demasiada frequência sem qualquer tipo de tratamento jornalístico. Sai no jornal tal e qual como chega à redacção. É só copiar e colar. Tão fácil que nem são necessários jornalistas para o fazer. Este é …   Ler

Mai 1
Mai 1

Media noticiosos a reboque das redes sociais

Há duas semanas, foi o jovem participante no programa Ídolos a quem esticaram as orelhas. Há uma, foi a vez de se ver um outro jovem a ser agredido, filmado e o respectivo vídeo publicado – um anos depois – nas redes sociais. São elas, as redes sociais, quem marca a atualidade e a agenda dos media noticiosos. Cada vez mais! Se há muitas partilhas, comentários e “likes”, então rapidamente …   Ler

Abr 0
Abr 0

Liberdade de expressão e seus defensores

Um caso recente de impedimento de contacto de representantes do SJ com algumas redacções regionais, é o mote para uma reflexão para a qual convocámos os directores do Setúbal na Rede e do Diário da Região. Faz dia 24 de Abril um mês que representantes do Sindicato de Jornalistas (SJ) tentaram contactar com os profissionais de duas redacções regionais, tendo alegadamente sido impedidos de o fazer. Esta iniciativa, anunciada pela …   Ler

Mar 0
Mar 0

Jornalistas para todos os gostos

A lei determina quem pode exercer a actividade, porém, carece de revisão urgente. Em Portugal, “são considerados jornalistas aqueles que, como ocupação principal, permanente e remunerada, exercem com capacidade editorial funções de pesquisa, recolha, selecção e tratamento de factos, notícias ou opiniões, através de texto, imagem ou som, destinados a divulgação, com fins informativos, pela imprensa, por agência noticiosa, pela rádio, pela televisão ou por qualquer outro meio electrónico de …   Ler

Jan 0
Jan 0

Comunicação, média e educação

Os estímulos mediáticos (des)multiplicam-se, tal como as respostas. Com elas surgem consequências e também desafios.     A educação para os média e a literacia mediática têm motivado estudos e debates nos últimos anos. Dos média tradicionais – como a imprensa, rádio e televisão – aos videojogos, passando pelos telemóveis, que andam no bolso e para todo o lado. A importância destes temas motivou inclusivamente o lançamento de um portal …   Ler

Dez 0
Dez 0

Jornalismo vale tudo

Há exigências éticas e deontológicas que regem a actividade jornalística e não as práticas semelhantes e fortuitas dos cidadãos.     Por entre todo o frenesim informativo que pulula no Facebook, deteve-me a denúncia de uma notícia publicada num ciberjornal regional. Com o título “Tábua: Violento acidente (actualização)”, a mesma era acompanhada por uma fotografia. Nela era possível ver o resultado de um choque frontal entre dois carros: num deles, …   Ler

voltar ao topo ▲