Olga Paredes

Out 0
Out 0

Terminou a campanha eleitoral. E agora?

Passada mais esta campanha eleitoral para eleger um novo governo, constatamos que existem ainda cartazes e propaganda espalhados por todo o país. Há diversas formas de propaganda que estão claramente ultrapassadas. O panfleto perdeu o seu poder, “muitas letras juntas ninguém lê”. Foi substituído pela imagem, preferencialmente em outdoors gigantes. O autocolante está também a desaparecer, assim como a diversidade de brindes e o plástico (sacos, por exemplo). Mantêm-se as …   Ler

Set 0
Set 0

Até quando a impunidade?

A deposição inadequada de resíduos tem inúmeras consequências, sendo certo que se trata de agressão ambiental colocando em causa a saúde pública. Quantos de nós já ouvimos a frase “eu pago impostos, eles que limpem” ou “eu já pago muito para recolherem o lixo, eles que separem”? (seja quem for essa entidade designada por “eles”) E quando estas frases são proferidas por pessoas com formação e informadas, algumas até com …   Ler

Ago 0
Ago 0

Somos todos responsáveis

Ao longo do tempo, o clima na Terra tem sofrido alterações e em 650 mil anos ocorreram sete ciclos glaciares. O último ocorreu há sete mil anos, tendo como consequência o desenvolvimento da civilização. No entanto, a grande diferença entre as alterações no planeta há milhares de anos e a que hoje assistimos é que agora é o Homem que está a provocá-las. As últimas alterações extremas foram provocadas por …   Ler

Jul 0
Jul 0

O Homem é o principal responsável pelas alterações climáticas…

Até 2100, estima-se que o número de pessoas com mais de 65 anos expostas a ondas de calor poderá ultrapassar os três mil milhões por ano, enquanto hoje não chega a 500 milhões. Segundo a OMS, as alterações climáticas são uma emergência médica e a mesma aponta para um aumento de 250 mil mortes por ano devido às alterações climáticas, em consequência dos efeitos diretos ou indiretos das ondas de …   Ler

Jun 0
Jun 0

10 anos de Educação Ambiental

A cidade do Barreiro teve origem numa aldeia ribeirinha, cujos habitantes se dedicavam a atividades piscatórias e à extração de sal. O seu desenvolvimento iniciou-se em 1861, mas a grande evolução ocorreu a partir de 1906, com a adjudicação a um grupo de industriais do Caminho-de-Ferro-Sul-e-Sueste, potenciando um crescimento histórico, determinante não só para o Barreiro mas também para o país com a implantação de indústrias pela Companhia União Fabril …   Ler

Mai 0
Mai 0

Água consumida não faturada

Muito se tem dito e escrito acerca do recurso valioso e escasso que é a água, inclusive eu, sendo certo que não existem quaisquer dúvidas quanto à sua importância enquanto recurso natural e económico. Neste momento, em que diversas zonas do globo atravessam períodos de seca, como o Brasil ou o estado da Califórnia, nos EUA, não esquecendo o continente Africano, em Portugal continuamos a ter mais de um terço …   Ler

Abr 0
Abr 0

Educação e consciência ambiental

A poluição do meio ambiente, nas suas diversas formas, tem vindo a ser cada vez mais, motivo de grande inquietação. Muitos de nós, demasiados ocupados com a rotina diária, secundarizamos este assunto. Sem grande consciência, por vezes, não damos a devida importância à questão ambiental, ou porque há sempre alguém que se preocupa por nós, ou haverá alguém que talvez limpe ou corrija os nossos erros e más ações ambientais, …   Ler

Mar 0
Mar 0

Água e desenvolvimento sustentável

No passado dia 22 de março comemorou-se, mais uma vez, o dia Mundial da Água. Este dia foi criado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, em 21 de fevereiro de 1993, tendo como objetivo alertar para a importância da água doce disponível no planeta, recurso em crescente escassez. Em Portugal, em média, são desperdiçados mais de 400 milhões de litros de água para consumo humano, todos os dias. …   Ler

Fev 0
Fev 0

A substituição dos sacos “biodegradáveis”

Desde o passado dia 15 que os “sacos leves”, que se encontravam disponíveis nos supermercados, passaram a ser taxados, no âmbito da reforma da fiscalidade verde. Estes sacos, com uma espessura igual ou inferior a 50 microns, praticamente desapareceram das principais cadeias de supermercados, tendo sido substituídos por sacos reutilizáveis. Os sacos leves, supostamente biodegradáveis, eram utilizados pelos clientes para transporte de compras, tendo depois como destino mais provável, o …   Ler

Jan 0
Jan 0

O que é uma cidade senão as pessoas?

Há alguns anos começou a ouvir-se falar de smart cities ou cidades inteligentes.     Uma cidade inteligente é um espaço/território onde existe mobilidade inteligente, cuidados ambientais, boa qualidade de vida, boa economia, boa governação e pessoas criativas, com capacidade de inovar. E inovar é um desafio constante. Inovar na conceção, na perceção e na tomada de decisão, potenciando novos cenários no espaço urbano que promovam a construção de uma …   Ler

voltar ao topo ▲