Alfredo Lopes

Nov 1
Nov 1

SINAIS DE ESPERANÇA

Os dados estatísticos do 2º trimestre agora publicados pela análise de conjuntura da FEPICOP – Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas ficaram marcados pela confirmação da inversão dos indicadores que medem a evolução da atividade da construção pelo segundo trimestre consecutivo, dado que só encontra paralelo no ano de 2007. Aguardamos agora os dados do 3º trimestre, provavelmente condicionados pelo clima de instabilidade politica, que poderá comprometer …   Ler

Set 0
Set 0

Rentrée económico

Escolho para título uma terminologia em voga na política nacional, com as maiores forças políticas a marcar efusivamente o momento pós férias, para o país perceber que as férias acabaram e que os líderes políticos voltaram para a discussão e resolução dos problemas nacionais. Este ano, esta rentrée adquiriu especial importância devido ao período eleitoral, com o governo a esforçar-se por apresentar resultados, com a divulgação de dados económicos favoráveis …   Ler

Ago 0
Ago 0

A nova lei dos alvarás

No passado dia 03 de julho entrou em vigor a Lei 41/2005 que estabelece o novo regime aplicável ao exercício da atividade da construção e que trará importantes alterações no funcionamento das empresas do sector da construção. Depois de muitos meses de acesa discussão e sempre apresentada como exigência comunitária, saiu agora com os já habituais atrasos de publicação das portarias regulamentares, a nova legislação que apesar de muito esforço …   Ler

Abr 0
Abr 0

Reabilitação e Regeneração Urbana

A reabilitação urbana tem estado na ordem do dia e saído frequentemente do âmbito da sua gênese, enquanto ramo de intervenção para a conservação do património construído, para aparecer no fórum de discussão politica como resposta à degradação das nossas cidades, edifícios e espaços exteriores e ainda como potencial dinamizador económico. Há muito que a AECOPS insiste na sua necessidade e prioridade, não só enquanto oportunidade de trabalho para as …   Ler

Jan 0
Jan 0

Estatísticas

Enquanto empresários numa actividade demasiado dependente das oscilações da economia, torna-se crucial estar atentos a todas as análises e estatísticas económicas que vão sendo disponibilizadas por diversas entidades como ferramenta para ajustamento do nosso planeamento, gestão da carteira de trabalhos e análise de todas as oportunidades do mercado nacional e internacional.     O grande problema, para a maioria dos industriais deste sector, é planear, tendo como base de trabalho …   Ler

voltar ao topo ▲